quinta-feira, 2 de junho de 2016

Santuário das aparições de jacareí . seita pseudocatólica


Exatamente! Por isso é que esse tal Marcos não passa do líder de uma seita pseudocatólica, que usa de pseudoaparições de Maria para doutrinar católicos incautos e os levar para fora da Igreja... O primeiro passo é alienar e doutrinar as pessoas, separando-as espiritualmente da Igreja. O segundo é arma-las com paus e pedras e colocá-las a brigar contra os irmãos de fé em defesa do "seu líder" e daquilo que ele prega. O terceiro é fazê-las romper com a Igreja definitivamente, desobedecendo a Pedro e obedecendo um zé-ruela qualquer... E há quem ache que isso é o que a Mãe de Deus quer: criar um novo protestantismo, desprendendo as pessoas da coluna e sustentáculo da Verdade, que é A IGREJA e não as mensagens de videntes...
Em primeiro lugar, nossa Salvação não depende das mensagens marianas e, em segundo, nenhum dos verdadeiros videntes de Jesus e Maria se voltaram contra a Igreja e muito menos impeliram outros a fazê-lo. Nenhum deles jamais pensou em fazer lavagem cerebral na cabeça das pessoas para que abdicassem da barca de Pedro, pois sabiam que a Igreja é obra divina, não de homens... Mesmo os que inicialmente foram perseguidos se submeteram e acataram a vontade da Igreja. Pois quem realmente vê Jesus e Maria sabe que Deus abre os cadeados e move as montanhas; só quem está por conta própria é que pretende abrir as portas a socos e pontapés, contando com a própria força...
Quando vemos uma pessoa esbravejar em defesa de algo, já vemos logo que de Deus não vem... Cristãos legítimos argumentam; eles não ameaçam, praguejam, vociferam ou ofendem... E, se alguém não pode sequer ser considerado cristão, quanto mais vidente de Nossa Senhora...
A Igreja já se pronunciou oficialmente quanto a Medjugorje também:http://www.perfeitadevocao.org...
Agora vamos ver quem realmente é católico e obedece ao Magistério da Igreja e quem é protestante e quer criar sua própria seita particular... Quem viver verá







Deixe seu Comentis . sem maldição: